http://missionarios.boanova.pt/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/768238Mo__ambique.jpglink
http://missionarios.boanova.pt/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/399617_sMo__ambique1.jpglink
http://missionarios.boanova.pt/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/812008_sAngola1.jpglink
http://missionarios.boanova.pt/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/867587_sAngola2.jpglink
http://missionarios.boanova.pt/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/395244_sAngola3.jpglink
http://missionarios.boanova.pt/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/996574_sAngola5.jpglink
http://missionarios.boanova.pt/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/744963_sJap__o3.jpglink
http://missionarios.boanova.pt/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/749718_sJap__o4.jpglink
http://missionarios.boanova.pt/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/121613_sJap__o7.jpglink
Mocambique1 Angola Angola2 Angola Angola4 Japao1 Japao2 Japao3
P. Adelino Ascenso, sobre "Silêncio"

Entrevista ao padre Adelino Ascenso, missionário no Japão, sobre o romance "Silêncio", transmitida no programa Ecclesia na segunda-feira, dia 16/01/2017.

 

Para Shusaku Endo, o silêncio no romance Silêncio não é a ausência de palavras ou da mensagem de Deus em face do sofrimento. O sentido é, sim, que dentro do «silêncio» existe uma voz escondida que devemos aprender a escutar, sinais ocultos que devemos aprender a decifrar. Isto é o murmúrio de Deus por detrás do silêncio.

O autor sugere que o leitor considere a interrelação entre religião e literatura como gémeos siameses sentados em frente um do outro. O julgamento da obra literária de acorco com o ponto de vista teológico é embaraçoso para os escritores. De facto, religião e literatura não são antonímicas mas sim correlativas. Colocam-se questões mutuamente e a literatura expressa competentemente as investigações sobre o homem e sobre a alma, sendo um meio de exprimir o inexprimível e de perceber o sussurro de Deus por detrás do silêncio.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 4 de 11

Irmão José Celso Ferreira Cardoso (08.09.1936 - 17.04.2017)


O Irmão Celso era natural de Argoncilhe, Santa Maria da Feira, Diocese do Porto, onde nasceu no dia 8 de Setembro de 1936. Entrou na SMBN em 1952, fez o seu Juramento Temporário ao completar 20 anos de idade e o Juramento Perpétuo aos 26.

Trabalhou em Cucujães como administrador da revista Boa Nova e da Voz da Missão e Adjunto do Director da Escola Tipográfica das Missões.

Juramento Perpétuo e Ordenação Diaconal de José Antônio Lima da Silva

No passado dia 3 de dezembro, dia de São Francisco Xavier, José Antônio Lima da Silva, natural de Guanambi, cidade do Estado da Bahia no Brasil, professou o seu juramento perpétuo de consagração missionária na Paróquia de Maria Auxiliadora, em Pemba, Moçambique.

A Ordenação Diaconal realizou-se no dia 4, pelas 8h00, numa cerimónia presidida pelo bispo de Pemba, D. Luiz Fernando Lisboa na Paróquia Maria Auxiliadora e com a presença do Superior Geral da SMBN, do Superior Regional da SMBN, de grande parte do clero local, de missionários e missionárias, amigos e muitos paroquianos que encheram por completo a Igreja.

 

 

 
 
 
 
Share